6 de fevereiro de 2010

Tristeza sem motivos...

... ou melhor, por motivos menores.
Você se depara com uma divisão de águas. Dois caminhos a seguir. Mas não em uma situação apenas, em todas os rios que cortam sua vida, você tem que fazer escolhas.
A tristeza tem o poder de ser mais forte e aparente em algumas situações, mas nós temos um poder maior, que é o do raciocínio. Observe os motivos que você tem para ficar triste (se é que isso existe), e observe os motivos que você tem para se alegrar (esses sim existem, SÓ existem). Veja mesmo se o motivo de tristeza é mais forte do que o da alegria. Muitas vezes ele pode ser, pode ter acontecido seu maior medo, ou uma coisa que você não esperava, mas você sempre terá razões mais fortes para se alegrar. Você está vivo, você sente seus pés tocarem no chão. Então te alegra, pois nunca terá alegria maior do que ter alguém te ajudando o tempo todo, sempre ao teu lado, zelando por você e acima de tudo, cuidando para que sua vida tenha sempre um propósito mais grande, mas para isso você não pode deixar que as irritações fúteis e insignificantes (comparados a Deus) subam a sua cabeça.
Alegria é tudo, a tristeza não serve para nada.

3 comentários:

  1. Estou muito triste, não tem um motivo aparente...foi muito bom pra mim ler isso!!!

    ResponderExcluir