23 de novembro de 2010

Juntos Até o Fim

Quando você é criança, tem os colegas de escola, de rua, e a família. Quando se é adolescente, se tem os amigos do colégio, da rua, namoradas(os), e a família. Quando se é adulto, se tem amigos de infância, do trabalho, da faculdade, namoradas(os) ou noivas(os), e a família. Quando se é mais velho, você tem os velhos amigos, sua esposa ou seu marido, e sua família.
Mesmo aqueles amigos mais queridos, um dia seguirão caminhos distintos dos seus, deixando-o sozinho. Quando pensamos em amigos, geralmente não pensamos nos nossos familiares, pois estamos tão acostumados com sua presença que não os levamos em consideração. Mas no final, a família é sempre quem sobra para você recorrer, mesmo que indiretamente. Até mesmo aqueles que perderam parte da família, ainda sobra alguém quem possa o acolher, nem que seja um amigo que se tornou sua única família.
Sempre há aquele momento na vida que a pessoa se afasta de seus amigos, sendo por briga ou por processo natural. Mas até nos tornarmos completamente independentes, nossa família é a única parte da nossa vida que não vai se afastar de você. Eles estarão sempre alí, mesmo querendo ou não.
Salvas exessões, todos temos uma família a quem podemos recorrer em momentos tristes. Muitos temos vergonha de se abrir para seus familiares, mas é bom que todos tenham certeza de que a qualquer momento eles podem te surpreender, tornando-se seus melhores amigos.

21 de novembro de 2010

Saia da Zona de Conforto

Pode parecer um clichê imenso, mas não é nada diferente da verdade: devemos sempre inovar, criar desafios. Assim como a natureza está em constante mudança e adaptação, nós devemos sempre procurar mudar nossas vidas sempre que podemos, fazer coisas novas, sair da zona de conforto.
Mas o que seria essa "Zona"? Quando uma pessoa se acostuma demais a um certo tipo de vida, acaba se conformando tanto que até aquilo que a faz mal se torna algo aceitável, a pessoa não consegue sair da rotina e não experimenta novos costumes.
Muitos fatores podem contribuir para esse fato. Para mim, o pior deles é o medo. Pode ser medo do novo, medo de se machucar, medo de não gostar de uma vida nova, medo de desafiar aquilo que a prende à mesma vida de sempre.
Nunca é tarde para experimentar algo novo, mas se deixarmos passar muito tempo para que isso aconteça, veremos o quanto perdemos levando sempre a mesma vida.

14 de novembro de 2010

Iguais

Acredite ou não acredite, aceite ou não aceite, tenha fé ou não tenha fé, admire ou não admire, sinta ou não sinta, você é igual a todos. Não importa se uma pessoa não tenha as mesmas ideias que as suas, vocês são iguais. Ninguém pode acusar alguém por acreditar em algo diferente dos seus pensamentos, afinal, a situação pode ser a inversa. Não existe ninguém que goste de ser acusado de estar errado, de acreditar em algo errado, pois do mesmo jeito que julga, será julgado. É de entristecer ver discussões, brigas e até mesmo guerras por não aceitação da fé do próximo. Você só pode saber qual o verdadeiro caminho quando chega a hora da morte, mas antes disso, qualquer um pode estar errado, nenhum ser humano tem a capacidade e o direito de saber toda a verdade, afinal, desse modo não haveria evolução, todos seríamos iguais do início até o fim da vida. Por favor, para o benefício de todos ao seu redor, e principalmente para o seu, aceite o pensamento dos outros. Você pode apenas mostrar outros caminhos, não impo-los de acordo com sua vontade.

21 de setembro de 2010

Pare de Reclamar e Vá Viver

Estava eu no hospital, esperando para tirar radiografia dos dois joelhos para continuar a consulta. Desde criança que eu reclamo de dores nos joelhos e na coluna, devido a um problema de crescimento muscular e muita atividade física. Enquanto eu lamentava todos meus enfermos, avisto um senhor e sua esposa, vindo em direção do mesmo lugar onde eu estava, ele mal conseguia apoiar-se nas suas muletas, suas pernas eram totalmente frágeis e atrofiadas. Eles vieram em direção do lugar onde eu estava, e de repente eu me vi na mesma situação daquele senhor, esperando pelo mesmo exame. Presenciar tal pena me fez ver que meu problema não era tão grave o quanto eu lamentava, me fez ter uma segunda visão das minhas dificuldades.
Muitas vezes você lamenta que tem muitos problemas, que não consegue aguentar tanta dor e sofrimento, exagera dizendo que tem a pior vida do mundo. Não é bem assim.
Onde você procurar irá encontrar exemplos de verdadeiro sofrimento, em qualquer rua, esquina, becos, em qualquer lugar existem pessoas precisando de mais ajuda que você. Como sei disso? Pelo simples fato de você estar lendo esse texto, significa que tem um computador ou acesso a um, isso é muito.
Devemos parar de reclamar de nossas vidas abençoadas, chamando-as de ingratas e sofridas, ninguém realmente sabe o que é sofrer, os cristãos sabem muito bem disso, se acreditarem no sacrifício de Cristo.
Quando se encontrar alguma dificuldade e pensar que não irá superá-la, lembre-se: todo sofrimento é passageiro e necessário, por mínimo ou máximo que seja. Pois é sofrendo que se aprende e resistindo que se supera.

"A morte é mais certa que a vida. Todos morrem, mas nem todos vivem." (Autor desconhecido)

18 de setembro de 2010

Não, Você não é o Centro do Universo

Assista o vídeo até o final, vale a pena!


D'aqui.

Bem, a dica da semana é para aqueles que, assim como eu, são apaixonados por fotografia, querem aprender mais, mas não tem... verba o suficiente para pagar um curso.
A National Geografic lançou um Guia Completo de Fotografia, onde ensina todos os passos básicos, técnicas, dicas, produtos certos para cada pessoa e cada finalidade, até ensina como editar suas fotos, imprimir, tudo para quem não é profissional mas quer fazer trabalhos de qualidade.

17 de setembro de 2010

Cortar o Mal Pela Raiz

Um dia desses eu estava assistindo o jornal da manha, onde passava uma reportagem sobre o tráfico descontrolado de drogas nas grandes cidades e as tentativas em vão feitas pelo governo para tentar convencer os viciados a submeter-se a tratamentos de reabilitação. Ao final da reportagem, o repórter falou algo que me deixou intrigado: " Por que ao invés de somente tentar reconstruir a vida dessas pessoas, não solucionamos aquilo que os levou a tal modo de vida? O que será que leva essas pessoas a querer fazer tais coisas? E o que podemos fazer para não deixar que isso aconteça de novo?".
Muitas vezes nós nos encontramos com problemas e temos que resolvê-los, mas por muitas vezes essas dificuldades retornam tempos depois, as vezes ainda mais intensas.
Não podemos prever que as mesmas tormentas irão retornar depois que passamos uma vez, mas se descobrirmos a sua causa e sua origem, podemos dar um fim definitivo, cortando o mal pela raiz.

9 de setembro de 2010

Vantagem Zero

Em todo lugar onde as pessoas precisam disputar um lugar, um nível ou algum tipo de reconhecimento de outras, sempre existe aquela que tem uma vontade um pouco acima do necessário de conquistar seu objetivo, geralmente passando por cima de todos.
É natural do ser humano o egoísmo, querer ser melhor que os outros. Mas em pleno século XXI é inaceitável que algumas usem da força, não só física, mas verbal, outras até aproveitam-se de suas capacidades e virtudes para pôr os outros para baixo e levar vantagem.
Sempre precisamos dar o nosso melhor, não importa a área de nossas vidas. Porém, quando isso torna-se uma obsessão tão grande a ponto de fazê-lo esquecer a humildade e passar por cima das pessoas, perde todo seu sentido e valor.


Meus queridos leitores! Hoje vou começar algo novo no meu blog, de vez em quando, eu darei aqui dicas de coisas interessantes, como livros, filmes, músicas, textos, blogs... tudo!
Pra começar, eu gostaria de indicar um filme muito bom que vi a algum tempo, "Ensaio Sobre a Cegueira". É uma adaptação do livro de José Saramago. É um filme muito tocante e forte, mas que rende muitas reflexões e, ironicamente, VISÕES novas de alguns pontos.


6 de setembro de 2010

Incansável Luta

Para que serve o sofrimento? Para que serve a tristeza? Para que serve a decepção? Muitos diriam que tais sentimentos existem apenas para dificultar nossas vidas e nos pôr para baixo.
Porém, outros concordariam, mas diriam mais. Servem para dificultar nossas vidas pois em uma vida feita só de caminhos fáceis e sem obstáculos aqueles desmerecedores e imaturos não mudarão de estado. Servem para pôr-nos para baixo sim, pois de toda queda há o reerguimento, há o aprendizado e o fortalecimento.
Muitas pessoas abrem mão de tantos valores e virtudes por medo de cair, por não suportar mais sofrimentos. Um dia essas irão aprender, não importa o quanto demore, que nada na vida é fácil, aquilo que é fácil não é necessário. Se alguém quer algo na vida, precisa passar por tempestades e tormentas para alcança-lo e não importa quantas vezes você caia, cada queda transforma-se em impulso no momento de menor esperança e força de vontade.

para Rebeca Pinheiro.

4 de setembro de 2010

Uma Carta do Inferno

Esse vai para os cristãos, ou melhor, para quem se diz cristão...

1 de setembro de 2010

Adaptar-se, ou não?

Em ambientes onde as pessoas precisam interagir constantemente umas com as outras, causando uma relação de coleguismo ou amizade, sempre há uma "ovelha negra", alguém destoante do comum do determinado ambiente. Geralmente essas pessoas sofrem algum tipo de rejeição natural do grupo, mas será isso um motivo de vergonha?
Ninguém é obrigado a compartilhar os mesmos pensamentos e opiniões, assuntos ou hábitos do grupo qual habita, ainda mais se este for frequentado apenas por obrigação, como colégio ou trabalho.
Depende dos pensamentos e do caráter de cada individuo a vontade de se adaptar ao ambiente convivido, cada pessoa sabe o que quer (pelo menos deveria) e cada um pode seguir suas próprias vontades e crenças, sem preocupar-se com a reação das pessoas ao seu redor.

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca." (Mateus 26:41)

24 de agosto de 2010

O Paradoxo do Nosso Tempo

"Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critérios, dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente. Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio. Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos. Aprendemos a nos apressar e não, a esperar. Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos.
Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias. Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados. Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas "mágicas". Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa. Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'. Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre. Por isso, valorize o que você tem e as pessoas que estão ao seu lado."

George Carlin

23 de agosto de 2010

Acreditar

Todo ser humano tem a bênção de não poder saber o futuro. Sim, bênção. Já pensou em como seria se você pudesse saber o que vai acontecer daqui a um minuto, uma hora, um dia? Você poderia evitar muitos tormentos, problemas e acidentes, poderia também saber o que fazer em ocasiões em de alto risco, seja para sua vida ou por pura vaidade. Mas onde fica o aprendizado?
Algumas ainda insistem em brincar de Deus e tentar saber aquilo que virá pela frente, seja por meios alternativos ou somente pela arrogância de pensar que sabe de tudo. Mas o máximo possível de se chegar é saber o mais provável de acontecer e poder se preparar para tal.
Não se pode ter medo do futuro, nem de perder algo por não saber o que virá, é preciso preparar-se para qualquer situação, ter fé e esperar o melhor, mesmo que não seja de total conforto, no futuro vai te ser de extrema importância.

23 de julho de 2010

Não Acuse Teu Irmão

Existem pessoas que não são as mais apropriadas para testemunharem sobre certos assuntos, mas com a maneira que o mundo gira, qualquer coisa serve.
Você com certeza já foi a lugares públicos em um dia movimentado de fim de semana, e com certeza já sentiu um frio na barriga ao avistar algo que não lhe agradou os olhos, alguma pessoa diferente de você. Se você realmente sentiu isso, deveria rever alguns conceitos da sua vida.
Hoje em dia existem meios de comunicação muito diversificados, agradáveis a todos os gostos e hábitos. É aí que está o problema. Alguns meios criados para promover a interação entre as pessoas em todos os lugares do mundo, estão promovendo na verdade o choque cultural e mental entre muitas delas, pois nenhuma aceita sua posição perante o mundo, antes de acusar o proxímo.
Remanescentes dos velhos hábitos, raros jovens que ainda tem a cabeça no lugar, conseguem ver o quão estúpido é ver pessoas brigando em micro-blogs por causa de discussões fúteis, quando há livros e cadernos na sua mesa de estudo precisando serem lidos. Algumas pessoas preferem viver como pragas, fazendo nada além de viver a vida dos outros, acusando as outras de hábitos e gostos 'ruins' e impróprios.
Não podemos julgar tais hábitos, nossa opinião deve ser divulgada apenas nas nossas mentes, nó máximo em um blog pessoal. MAS AS PESSOAS NÃO ACEITAM A OPINIÃO, OU MELHOR, O GOSTO DOS OUTROS! Acham que seu gosto e pensamento é o mais certo a seguir e não há Deus nenhum que possa impedir as outras pessoas de serem semelhantes. Se você não gosta dos hábitos e gostos de uma pessoa, guarde sua frustração para você e nada mais. Você não tem o direito de julgar alguém sendo certo ou errado, você não é Deus. Antes de sair gritando que alguma coisa não é boa ou certa, lembre-se de que todos somos iguais, todos erramos igualmente, mas principalmente, todos merecemos o amor do próximo.

"Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão." (Mateus 7:5)

19 de julho de 2010

Carregar Sua Própria Cruz

Não importa o quanto você saiba e acredite que algumas coisas sejam boas para você, não importa que você saiba que foi merecido o tempo perdido pois foi você próprio quem proporcionou tal sofrimento. Não importa se você tenha tirado bons proveitos e aprendizados do ocorrido. Nada disso importa quando a dor do arrependimento alcança teu coração e você se dá conta do perdido.
Alguns dizem que o tempo é o melhor remédio para tudo, esse não é um caso diferente. Você não tem o direito de reclamar, sua única saída agora é aceitar e aguentar o que vier, sofrimento, saudade, dor, pensamentos, ninguém além de você é merecedor de carregar tal cruz.
O único fator que te conforta é saber que tudo isso é necessário para que possa aprender com seus próprios erros e fazê-lo cedo, pois ainda tens muito tempo pela frente e você sabe que tudo o que acontece é bom para sua vida, mesmo sendo desagradável emocionalmente, espiritualmente você estará mais tranquilo.

11 de julho de 2010

Há pessoas que a chamam de garra, outras chamam de força de vontade. Algumas outras chamam de confiança, outras de teimosia. Chamam também de perseverança, coragem, determinação. O nome disso é Fé.
A Fé está presente em todos os aspectos das nossas vidas, mesmo indiretamente, você tem Fé em algo. Quem tem Fé não desiste de seus objetivos facilmente, não se entrega de primeira a um desafio, mas a Fé não se manifesta na sua forma mais brilhante nesses momentos, toda a graça desse sentimento está na compreensão e no reconhecimento das suas necessidades e objetivos reais.
Quer você aceite-o ou não, Deus sempre tem um objetivo traçado para todos, nós podemos apenas escolher o caminho que vamos tomar para alcançar tal alvo. Quando nós escolhemos caminhos errados ou mais difíceis para chegarmos a tal, quase sempre encontramos momentos onde cairemos, e achamos que tudo está contra nós. E é então que a Fé se manifesta com toda sua graça.
Aqueles que tem a verdadeira Fé, vêem que aquilo que aconteceu era necessário, e a Fé os dá coragem e determinação para não cair diante das provações da vida.
Fica mais simples passar pelos obstáculos quando sabe-se que algo muito melhor está por vir, é muito mais gratificante viver uma vida dura com Fé no futuro a uma vida confortável, porém escondida da verdade e ingrata no seu término.

"Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente." (Hebreus 11:3)

5 de julho de 2010

Ao Secar das Lágrimas

Tempos difíceis passaram-se, nada mais se aproveitou de tanto sofrimento além de respostas e mais respostas. Você finalmente compreende que não era necessária tanta dor, mas essa não é uma previsão capaz de ser feita, você apenas... vive.
Quando você passa por esta nuvem negra, exagera tudo ao máximo, as vezes até extrapola, e quando a tormenta cessa, a claridade da situação o faz perceber que nada passou de uma fase, chega ao ponto de ser ridículo. Mas não, isso não é ridículo. Pensando mais profundamente, você acha uma nova definição pra tais experiências: necessárias.
É em tempos assim que as pessoas evoluem, sofrendo, superando e aprendendo. Quando você olha pra trás, primeira mente sente vergonha por ter sido tão exagerado, por ter acumulado tantos problemas em um só, intensificando-os.
Mas pensando bem, você vê que não importa o quando as pessoas vejam infantilidade em você, afinal, ninguém consegue estabilizar-se em tempos difíceis. Apenas quando você aprende com os fatos, e os encara.
Mais problemas são avistados a frente, na verdade eles já estavam previstos a muito tempo. Mas você aceita sua chegada, seguindo com fé e visando um futuro muito longo que está por vir, e não há nada que será perdido em pouco tempo que não possa ser reparado em longo prazo.

13 de junho de 2010

Onde você vê um obstáculo

Onde você vê um obstáculo, alguém vê o término da viagem e o outro vê
uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar, alguém vê a tragédia total. E o
outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte, alguém vê o fim. E o outro vê o começo de uma
nova etapa...
Onde você vê a fortuna, alguém vê a riqueza material. E o outro pode
encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia, alguém vê a ignorância, um outro compreende
as limitações do companheiro, percebendo que cada qual caminha em seu
próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro, a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar. Porque eu sou do
tamanho do que vejo. E não do tamanho da minha altura.

Fernando Pessoa

6 de junho de 2010

Companheira de longas datas

Depois de um certo tempo, você acostuma-se com alguns sentimentos, infelizmente estes são desagradáveis e te fazem sentir-se mal, porém é com eles que você aprende a viver.
Por incrível que pareça, no fundo do coração você quer ter esses sentimentos ruins, pois tem necessidade de atenção, precisa de algo novo na sua vida, e as coisas sérias e importantes da vida você só adquire com muito aprendizado, mas você só sabe aprender sofrendo.
Você procura por todos os cantos alguma solução, alguém que te ponha pra cima, que te sustente assim como sustentas as tuas afinidades. Mas no final, não há ninguém que possa te ajudar de verdade. No final, sempre há uma única saída, um único amigo de verdade que te suporta e te consola.
Porém, após toda luz no fim do túnel há sempre outro te esperando, cada vez mais escuro e mais longo. E graças a tua necessidade de reencontrar a verdadeira felicidade, em vez de desviar o caminho, segues em frente, podendo ser por teimosia ou por coragem, mas vai de encontro à antiga conhecida dor.
E nisso se baseia esse ciclo vicioso, sempre chocando-se com um desagradável sentimento de angústia porém necessário, pois é dessa maneira que se aprende a viver e é assim que se torna mais forte no futuro. Você ainda tem muito tempo pela frente apesar de todas as experiências já vivenciadas, há um caminho que precisas seguir, e muita estrada ainda para trilhar.


''Julga-me, SENHOR, pois tenho andado em minha sinceridade; tenho confiado também no SENHOR; não vacilarei.'' (Salmos 26:1)

1 de junho de 2010

Já é hora

Algumas pessoas são exageradamente carentes, sempre precisam de atenção, estar rodeadas das pessoas que gostam, algumas vezes até se tornam um estorvo para suas companhias, forçando-as a viverem exclusivamente á ela. Como se não bastasse tal comportamento ruim, você reúne todos seus problemas em um só, compactando todos em uma única bola de neve, que sempre aumenta sem controle, chegando ao ponto de ficar insuportável para si mesmo, mas é nesse momento que começa a mudança, você percebe que não se pode viver desse jeito.
É tempo de mudança, você sempre soube disso, mas só agora tomou coragem e vontade de seguir em frente e arrepender-se do tempo perdido, e tomar o caminho certo, renovando tua vida.

27 de maio de 2010

Fazer por merecer

As pessoas têm a mania de usarem qualquer tipo de argumento para não fazerem o correto, ou aproveitam-se da situação que se encontra para não encararem a realidade e não reverter a situação para melhor. É aí onde está a fraqueza humana.

Existem situações onde você vai sentir-se fraco e cansado, tanto em corpo como em alma e mente. O grande problema das pessoas é que quase sempre se deixam levar pela fraqueza e não reagem perante a dificuldade.

Não se pode esperar que a solução caia do céu, antes é preciso agir para merecer tal benefício. Digamos que você queira ganhar na loteria, de que adianta pedir para ganhar, se você não joga? É um exemplo muito comum, mas que reflete com exatidão a ação das pessoas quando em dificuldades.

Quando nos encontramos em momentos em que nossa cabeça está cheia de pensamentos ruins, pensamos que apenas desastres ocorrem nas nossas vidas e não sabemos o que fazer para reverter essa situação, sempre usamos tais fatos como desculpa para não agirmos para que algo de bom aconteça e em vez de fazer aquilo que sabemos que devemos fazer, somos barrados por pensamentos como “não quero fazer isso, pois estou cansado e sem motivação.” Mas de onde você acha que vai vir a motivação? Claro, se nada aparentemente vai bem, não há o que nos faça ter vontade de fazer nossas obrigações. Mas se você não tiver a iniciativa de progredir e fazer todo o esforço possível para tal, o sofrimento vai ser mais duradouro e menos recompensador, quando o sofrimento gerado pelo esforço de melhorar a vida, na frente terá uma boa compensação.

Se você quer que sua vida se resolva em um momento onde não se acha solução, primeiramente é preciso repensar sobre seu merecimento para isso, e depois agir para receber essa graça e nunca duvidar da possibilidade de melhorar sempre, por mais que pareça impossível.

4 de maio de 2010

Saudade

Não adianta negar, por mais que você diga inafetável com a saudade de algo de que gosta, sempre haverá um momento difícil na sua vida onde você terá esse sentimento. Existem pessoas dizendo sempre que devem viver o futuro, deixando o passado para trás e seguir sempre em frente. Mas quem nega que já sentiu saudade das coisas boas que não acontecem mais?
Sentir saudades é bom às vezes. Quando se sabe que o que está longe irá voltar, a solidão faz com que, quando reencontra-se com o tal, a relação geralmente fica mais forte, as pessoas se apegam mais e mais intensamente.
Mas a saudade pode causar muito mais sofrimento do que benefícios. Quando se perde a esperança rever o que está longe, dependendo da pessoa, demora muito tempo para se recompor da perda. Por mais que você tenha tempo para se preparar para tal perda, sabendo que um dia irá acontecer, ainda resta uma pequena esperança por uma permanência. Mas então, quando o pior acontece, a dor é muito maior do que o imaginado, é quase impossível resistir, por mais preparado que estejas.
Não importa o quanto você lute, sempre irá sentir saudade de algo muito importante, mas não se pode lamentar por o que se foi, deve-se alegrar por ter tido essa presença algum dia.

1 de maio de 2010

Diferença entre vida e colégio.

''No colégio, primeiro te ensinam uma lição e depois aplicam uma prova. Na vida, primeiro te aplicam uma prova, e depois você aprende uma lição.''

(Autor desconhecido)

30 de abril de 2010

É dificil manter a calma

Por muitas vezes você prega pela paz, observa os fatos que ocorrem à tua volta e percebe pelo comportamento dos outros e pelas tuas próprias experiências que manter a calma nos momentos de raiva é a melhor solução. ''É mais fácil falar do que fazer...''. De fato, todo ser humano é fraco, e vai errar muitas vezes durante toda sua vida. Quando você passa por um momento difícil sem estar preparado, no primeiro instante você age por impulso, segue seus instintos e faz o que for melhor para sua consciência e na maioria das vezes, guarda ódio e rancor.
Muitas vezes você já não tem mais motivos suficientes para continuar enraivecido, pois já se passou muito tempo, e sua cabeça está mais tranquila. Mas você continua sentindo raiva de propósito, pois não aceita o fato e quer transmitir segurança e força.
É natural do ser humano agir de tal forma, não é motivo para se envergonhar. Vergonha é saber que errou ao fazê-lo e não aprender com isso. No começo, você vai sentir raiva, vai ficar guardar rancor. Mas depois cabe a você manter a calma, e pensar no que é melhor a fazer, e não se manter na defensiva, e aceitar melhor os fatos e fazer o que for certo.


foto por: Paulo Pontual

22 de abril de 2010

Realidade

Você se encontra em uma situação perfeita, apesar de todas as dificuldades e de todos os problemas de fora, você sente que nada pode ser melhor que o momento presente. A felicidade gerada por tal momento de tranquilidade é muito prazerosa, mas pode ser traiçoeira. Achas que por estar tranquilo e tudo estar correndo bem, qualquer atitude tomada será de bom retorno, mas não é bem assim.
Atitudes mal pensadas podem inverter completamente qualquer situação, por melhor que esta esteja. E então você se vê em um estado completamente diferente do que estava acontecendo, é como se não tivesse acontecido, como se você tivesse acordado de um sonho, e transferido para um pesadelo, onde o maior dos seus medos acontece.
A crueldade dos fatos dói muito, a vergonha dos seus erros dói mais ainda. Você começa a recorrer a todas as medidas de ajuda possíveis, até que chega a hora de encarar o fato que você tem apenas uma saída: deixar tudo nas mãos de Deus, e assumir toda a responsabilidade e aceitar qualquer futuro que ele te apresenta.
E então você se tranquiliza, e percebe que o que está acontecendo é o melhor para você, tens muito tempo pela frente, e Deus guarda muitas coisas para tua vida. Mesmo sentindo-se longe dele, te conforta saber que ele te ama e quer o melhor para ti.
Agora é hora de esperar o melhor, porém se preparando para o pior. Lute pelo teu desejo, mas aceita tuas derrotas e aprenda com teus erros.

15 de abril de 2010

Conformidade

Sempre escutamos que é preciso ter confiança nas coisas que fazemos e que precisamos acreditar na nossa capacidade para realizar tarefas difíceis.
De fato, ter confiança é essencial para nossas vidas, o problema é quando tal confiança extrapola os limites. Quando temos confiança demais em nossas capacidades, corremos o perigo de ficamos cegos por achar que sabemos demais, e cair na conformidade, ou seja, acharmos que já sabemos tudo sobre tal assunto e não reconhecer que precisamos trabalhar mais e mais nosso pensamento.
Nunca se pode deixar a conformidade tomar nossas vontades, ela toma nosso tempo, forçando-nos a esquecer de nossas obrigações por pensarmos que não precisamos mais nos preocupar com elas. NUNCA você vai saber demais, há sempre algo a mais para se aprender, é sempre possível ampliar mais e mais nossos conhecimentos.
Não pode se deixar cair na conformidade, mesmo quando pensamos quando já sabemos muito sobre tal assunto, não se deixe enganar, você pode sempre aprofundar-se no aprendizado para evitar um arrependimento futuro, afinal, aprender nunca é demais.

13 de abril de 2010

Sem Necessidade

Fico pensando muitas vezes em como é possível fazermos coisas sem necessidade. Algumas podem até ser justificadas pelo prazer, mas outras, nem mesmo tal causa é importante. Fazemos coisas banais, que nem mesmo gostamos, mas a praticamos por achar que é o certo a fazer de acordo com as opiniões exteriores, e esquecemos de seguir nossa consciência.
A situação piora quando entra em cena uma palavra chamada hipocrisia. Um dia ter dito que não aceita a pratica de alguma coisa e tempos depois fazê-la, tudo bem, as pessoas mudam. Mas fazer e criticar ao mesmo tempo, é inaceitável. Você não precisa nem mesmo criticar, basta não gostar. Antes de começar a fazer algo que você pretende, pense na sua própria opinião sobre ela, e reflita se você está fazendo algo que julga certo.
As pessoas tem o costume de, quando recebem uma opinião de algo que devem fazer mas que não gostam, aceitar tal ''dica'' demonstrando uma aparência de quem concorda e irá fazê-la. Mas tal postura não é aceitável se o que está por dentro da pessoa é rejeição. Se não gostas do que te falaram para fazer, discordas, e fale o que acha certo. Dessa maneira, se evita o arrependimento, pois se a pessoa fica calada diante de algo que não gosta, no futuro pode acabar aceitando-a e praticando, para posteriormente se arrepender.

Maturidade

Defina maturidade. É ser educado, é ser inteligente, informado, atualizado. É saber quando e com quem realizar brincadeiras. É saber a hora certa para cada situação da sua vida. É saber entender uma mensagem, uma ordem. Pode ser também saber levar sua vida para um caminho certo, não deixar que qualquer vento a leve para qualquer lugar.
Expressa-se de várias maneiras, geralmente subjetiva. O que para uma pessoa pode ser um sinal de maturidade, para outra pode ser apenas mais um simples comportamento natural, sem qualquer consideração de sabedoria. Dependendo do contexto, você pode ser uma pessoa completamente centrada, mas em outra área, não se pode ter a mesma visão.
Pense um pouco nas áreas da sua vida em que você se considera maduro, onde você sabe exatamente como agir, sem comportamentos que podem te prejudicar. Agora pense na maneira que você age nas outras partes da sua vida. Será que você tem o mesmo comportamento? O que te impede de se sair bem em todas as áreas da sua vida?
Não adianta ter maturidade para agir em apenas alguns momentos da vida, é preciso saber como se comportar em todos os momentos, ter maturidade em tudo, e saber quais dar mais importância e aprender a fazê-lo.

31 de março de 2010

Reflexão

Quando olhamos para um espelho, dizemos que ele reflete nossa imagem, ela mostra como nós somos fisicamente. A palavra reflexo também se aplica para como nós somos internamente. Refletir significa virar-se para si próprio, concentrar os pensamentos para sua própria existência, essa é a definição de reflexão.
É extremamente importante tirarmos um tempo dos nossos dias para pensar, refletir sobre o que está acontecendo ou pode acontecer. Solucionar problemas, tranquilizar com a paz, planejar o futuro, lembrar o passado, desfrutar o presente, não importa o que seja o alvo concentrado, ao conversar com sua própia consciência, você está controlando sua vida melhor, evita que nos momentos importantes, você aja mais com a emoção do que com a razão. Claro, sem emoção nada serve, principalmente com o amor. Mas refletir antes ou depois dos atos nos prepara para tudo o que possa estar pela frente, e nos faz aprender com erros em atos não pensados.
Tire um tempo para observar o pôr do sol, o nascer da lua, ouça uma música bem alta, fique em silêncio, sente quando estiver no banho, observe as estrelas, vá para a praia (em dia calmo), ore. Não há maneira mais eficiente de reflexão que não seja através da oração. Orando você se abre completamente com seu ouvinte, pois não adianta esconder nada dele, então é melhor falar do que esconder, Ele saberá quando isso acontecer. Mas você pode escolher qualquer momento para pensar na sua vida em geral, pode ser qualquer minuto em que esteja só, em silencio ou escutando música ou a natureza.
Refletir é tão útil quanto a alimentação. Sem reflexão, nenhum ato de nossa vida vale a pena, pois teoricamente são atos impensados, automáticos. Sempre que puder, tome um tempo para você mesmo, e reflita sobre seu passado, sem desprezar o presente, e desejando um bom futuro.

Pegadas na areia

"Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando com o Senhor, e através do céu passavam cenas da minha vida. Para cada cena que se passava percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era o meu e o outro do Senhor. Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que, muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei, também, que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.
Isso entristeceu-me deveras, e perguntei então ao Senhor: - Senhor, Tu me disseste que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo, mas notei que , durante as maiores atribulações do meu viver, havia na areia dos caminhos da vida apenas um par de pegadas. Não compreendo por que, nas horas que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste.
O Senhor me respondeu:
- Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas de tua prova e do teu sofrimento. Quando viste na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que Eu, nos braços te carreguei..."
Margaret Fishback Powers

30 de março de 2010

Um Homem Admirável

Se um homem é honesto com os outros
e com ele mesmo...
Se recebe com gratidão e dá tranquilamente...
Se ele é suave o suficiente para sentir
e forte o suficiente para mostrar seus sentimentos...
Se ele é lento para ver defeitos nos outros
mas rápido para descobrir a sua bondade...
Se ele se mantém alegre em tempos difíceis
e modesto no sucesso...
se ele faz o melhor para ser fiel às suas crenças...
Então ele é realmente um homem admirável.

Autor Desconhecido.

29 de março de 2010

Exemplo

Não é possível que sejam precisos exemplos tão claros para termos consciência dos perigos do nosso mundo. É certo que, mesmo sem presenciar os fatos ruins do dia-a-dia, nós temos acesso à informação e sabemos quais situações e decisões evitar.
Você sabe que Deus não se alegra quando fazes ou quando quer fazer o que não deve, mas por ainda assim faz?! De que adianta uma alegria tão intensa, se a tristeza proporcionada após ela a ofuscará? Pode não ser sentida tal tristeza, mas saiba que teu criador sentirá, isso não é o bastante para arrependimento?
Quem já esperimentou sabe que a alegria proporcionada pela presença de Deus é infinitamente mais gratificante e prazerosa do que qualquer elemento material. E quem nunca sentiu tal presença, fique consciente que nunca é tarde para aceitá-la, temos até nosso ultimo momento de vida para sentir a maior alegria que existe, mas para que esperar? Você só terá essa tranquilidade no coração quando passar a agir de forma que abra o caminho para tal, em cada momento da sua vida, principalmente nas horas de tentação e perigo.

''O Senhor é meu pastor, e nada me faltará.'' (Salmo 23:1)

Em memória a Juliana da Fonte.

22 de março de 2010

Você é maior que isso

Você se contenta com pouco, estaciona em um estado suficiente para sua sobrevivência. Você é maior que isso. Estabelece limites para sua felicidade, se acostuma com o comum. Você é maior que isso. Compara-se com as melhores pessoas ao seu redor, e não enxerga o melhor que pode ser. Você é maior que isso. Se deixa levar pelos vícios, esquece das obrigações e esquece para que você está aqui. Você é maior que isso. Se preocupa demais com seus bens, não abre mão por medo de sentir falta, quando pode conquistar algo além. Você é maior que isso. Corre atrás apenas dos resultados, em vez de dar seu melhor e deixar que o responsável não apenas pelos resultados mas pelos caminhos. Você é maior que isso. É tomado pelo orgulho, esquece que todos têm a mesma origem, o mesmo criador, e acha que tem pode se sobressair sem direito. Você é maior que isso. Pensa que suas vontades são aquilo que deve se seguir mesmo sabendo que não são as mais corretas, e pior, conhecendo o caminho certo. Tem medo de que algo ocorra errado, e não percebe que tudo por dar certo, se deixar tudo o que tem nas mãos de Deus e abrir os caminhos para que ele aja em sua vida. Você é maior que isso.

É, você pode não acreditar no que está além, mas saiba que tudo depende de você. Escolha a vida de acordo com o que for mais certo, contanto que o que for mais certo para você seja mais certo para o mundo.

E sim, você é maior que isso.

20 de março de 2010

Cansado

Não existe cansaço se você buscar forças. Você pode estar cansado demais para se sustentar nas próprias pernas, até mesmo para levantar seu braço, mas não há cansaço mais doloroso do que aquele que nos deixa cansado de ter força. Não pense que quando se cansa, você irá recuperar as forças no momento exato que você procurá-las. A procura pela força pode ser lenta e longa, mas se a vontade de recuperá-las for realmente verídica, pode demorar o que for, mas sempre irá chegar.
Há aqueles momentos que você se convence que a mudança não irá chegar, que nunca mais terá vontade nem coragem de fazer algo. 'A esperança é a última que morre'. Essa é uma das frases mais verdadeiras que existem. Não importa quanto tempo leve para que o melhor para nossas vidas aconteçam, se tivermos esperança e força de vontade, sempre, com certeza sempre, ele virá. Não importa quanto tempo demore, se você realmente quiser, ele virá.
O cansaço pode nos deixar sem esperança, sem força de vontade. Mas isso não quer dizer que você não possa ter vontade de ter tais sentimentos. Força de vontade é um sentimento que só depende do pensamento de cada um, na crença de que tudo pode mudar. Então a esperança vem automaticamente. Basta saber onde buscar forças e ter consciência de que tudo pode mudar para melhor, quando se está sob a confiança de quem realmente pode lhe proteger, Deus.
Cansar não significa estar acabado. Você pode estar cansado, mas não pode dizer que não terá mais vontade ou esperança para fazer aquilo que deve ser feito, porque sempre terá uma fonte de forças infinitas, mas para consegui-las é preciso fé, disposição, e principalmente, vontade.

15 de março de 2010

O Menestrel

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança.
Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…
E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…
Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.
Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…
Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…
Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.

William Shakespeare


14 de março de 2010

Inexplicável

É inexplicável uma mudança tão repentina de estado de espírito. Não diria mudança, mas diria variação, oscilação entre alegria e depressão. Uma hora você está em plena ascensão, de encontro com a verdadeira felicidade, mas ainda falta algo para completá-lo. Quando finalmente encontra, a situação se inverte. O que era desejado aparece, mas outra questão se levanta, você perdeu algo muito mais precioso.
É inexplicável o quanto você luta por algo e sabe que não poderá vencer a batalha. Você sabe que pode ser errado, mas segue suas crenças e o que você acha ser certo, sem medo do destino.
É inexplicável a alegria que se sente quando está próximo, mas a tristeza quando está longe, mesmo estando perto em espírito. A presença material é temporária e distante, portanto não é o bastante para saciar a dependência. Mesmo se sabendo que o amor e o carinho os mantêm juntos, a saudade o deixa inseguro e amedrontado.
É inexplicável não poder planejar seu futuro. Aliás, pode-se planejar sim, mas a probabilidade de tal planejamento se cumprir é nula e chega a ser egoísta.
É inexplicável entender que o caminho assumido não é o desejado. Não se pode prever o erro de escolha, mas a escolha não é definitiva, afinal, ainda não foi realizada. E é tempo ainda de voltar atrás, repensar os fatos e situações e, principalmente, ter humildade para abaixar a cabeça perante os que olharam mais na frente do seu caminho e previram o futuro de tal escolha. Se espera aceitação de regressão, mas ainda é preciso refletir.
Explicar algo confuso é praticamente impossível, você não tem noção perfeita das coisas. Não tente explicar, tente entender e aceitar.

Pode não ser o ideal...


... mas sempre será de grande ajuda!

9 de março de 2010

Te desafio

Eu te desafio a se mover. Te desafio a tentar algo novo. Te desafio a crer naquilo que teme. Te desafio a educação. Te desafio a ousar. Te desafio a ser diferente. Te desafio a se alegrar. Te desafio a aceitar o que não agrada. Te desafio a aceitar as pessoas. Te desafio a aceitar a si mesmo. Te desafio a humildade. Te desafio a palavra. Te desafio a mudar. Te desafio a enfrentar. Te desafio a entender. Te desafio a salvação. Te desafio a paciência. Te desafio a ampliar seu horizonte. Te desafio a compreender. Te desafio a aprender. Te desafio a dar o melhor. Te desafio a não ter vergonha. Te desafio a ser autentico. Te desafio a amar. Te desafio a simplicidade. Te desafio a subir os degraus. Te desafio a seguir em frente. Te desafio a mudar de direção também. Te desafio a escolher alvos diferentes. Te desafio à grandeza. Te desafio a conhecer. Te desafio a lutar. Te desafio a agradecer. Te desafio a ter fé. Te desafio a pensar. Te desafio a honrar. Te desafio a ser feliz. Te desafio a vencer. Te desafio a admirar a vida. Te desafio a viver.

8 de março de 2010

Cego

Você luta tanto por algo que não tem conhecimento do perigo que isso lhe guarda. Você tem conhecimento dos problemas que serão enfrentados no futuro, sabe das dificuldades, porém está cego pela vontade de seguir em frente. Parece mesmo ser a decisão mais certa. Mas antes de tomar qualquer decisão, por mais certa que seja, deve se preparar. É preciso estar consciente e preparado para qualquer coisa que vier pela frente. E você está ciente de tudo o que enfrentará, e decide seguir em frente.
A decisão se revela de fato certa, mas só então se percebe a gravidade de tal feito. Apenas quando consegues o que desejava, é que percebe a magnitude do sofrimento que terás que passar.
É tarde para voltar atrás e pensar melhor. Agora você tem que seguir em frente e encarar suas decisões e suas consequências.
Certo, pode ser que na maioria do seu tempo seja ruim. Mas existe algo que compensa. Aquilo pelo qual lutou se torna muito mais valorizado. Você passa a enxergar melhor o valor do seu objetivo. E mesmo que as horas ruins sem esse valor sejam ruins, o tempo gasto desfrutando-o é indiscultivelmente recompensador. É por ter a chance de viver tais momentos que você segue em frente e suporta todo tipo de dor ou de dificuldade, apenas para viver os instantes poucos, porém valiosos.

6 de março de 2010

Um breve aviso!

Peço desculpas a todos os meus leitores e seguidores, por não estar dando muita atenção ao meu querido blog. Mas sabem como é ? Época de provas, estudar toma tempo!

Espero que entendam e assim que tiver algo novo na cabeça eu venho para postar aqui!

Enquanto isso, deixo vocês com uma fotografia que eu tirei essa semana. Como muitos sabem, eu amo tirar fotografias, e a lua é uma das minhas melhores modelos!

Espero que tenham gostado, comentem!


Abraço a todos, Gabriel.

3 de março de 2010

E a fraqueza se revela

Muitas pessoas podem pensar que tem tanto conhecimento que são 'imunes' a qualquer tipo de problema, sempre conseguirão se safar de um obstáculo, ou até que saberão gerenciar seus sentimentos em casos de emoção.
Uma coisa é certa, todos nós passamos por momentos de provação. Uma frase que eu gosto muito diz assim: 'A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram o fôlego.' Mas por mais que nos tenhamos controle sobre nossas ações e emoções, sempre haverá um momento que você se encontrará numa situação de confusão. Você fica tão atordoado a ponto de não saber gerenciar suas emoções. Não quero dizer que serão apenas em momentos de tristeza ou problemas. Muitas vezes isso acontece quando estamos em momentos de pura felicidade e animação. Você sabe as coisas que deve fazer para não se perder, mas quando é você mesmo que está sofrendo tal provação, esquece das coisas que deve fazer, e procura ajuda de outros. Você já se sentiu assim? Sempre sabe o que fazer, mas na hora nunca lembra disso? É uma situação muito comum, o problema é que nem sempre queremos assumir que precisamos de ajuda apenas porque sabemos o que fazer. Mas de que adianta se você não consegue usar esse conhecimento? Em momentos de fraqueza, toda nossa 'preparação' é deixada de lado pois sua cabeça é ocupada com o que está acontecendo, por isso que temos que deixar que os outros nos digam o que fazer, ter humildade em ouvir aquilo que você já sabe, mas que não consegue realizar naquele momento.

2 de março de 2010

Quando a raiva nos cega

Adoro escutar ou ler as histórias do antigo imperador da Mongolia Gengis Khan, geralmente têm um ensinamento muito bom nos seus feitos. A última que me foi apresentada me deixou tão maravilhado que decidi retratá-la para vocês, até porque fazia tempo que não escrevia aqui.
Num dia qualquer, Gengis Khan e sua corte saíram para caçar. Enquanto os guerreiros carregavam arcos e flechas, Gengis Khan levava consigo seu fiel falcão ao braço. Segundo o imperador mongol, aquela ave era mais precisa do qualquer flecha, porque via o que os homens não eram capazes de ver. Aquele, porém, não fora um bom dia para caçar e o grupo acabou voltando de mãos vazias. Frustrado com a caçada sem resultados, Gengis Khan decidiu caminhar sozinho e, após um longo tempo, estava exausto e com sede. Sem encontrar água corrente para beber, Gengis Khan encontrou um filete de água que gotejava num rochedo. Rapidamente soltou o falcão e sacou uma taça de prata que demorou muito tempo para encher. Quando ele preparava-se para beber, o falcão lançou-se contra sua mão, fazendo a taça voar longe. Mesmo furioso, Gengis Khan imaginou que também a ave estivesse com sede. Caminhou em direção à taça e voltou a enchê-la, pacientemente. Quando a água estava já na metade, o falcão voltou a atacar sua mão, derramando a taça chão novamente. Gengis Kahn amava aquele animal, mas não podia mais perdoar aquele desrespeito. Sacou a espada da cintura e com um golpe certeiro, atravessou o falcão em seu peito. Ainda decidido a matar sua sede, Gengis Khan subiu o rochedo em busca da fonte. E para a sua surpresa, descobriu uma serpente venenosa morta na nascente. Se ele tivesse bebido daquela água, teria morrido em instantes. O falcão tentava protegê-lo. Ele voltou ao acampamento com o falcão morto em seus braços e mandou fazer uma reprodução em ouro da ave. Nas suas asas mandou gravar: "Qualquer ação motivada pela raiva é uma ação condenada ao fracasso".

fonte: Devaneios Urbanos
Muitas vezes nós encontramos situações onde por mais que queiramos algo, há sempre alguém que te impeça de fazê-lo. Quando nossos amigos, pais ou irmãos nos impedem de fazer algo que nós queiramos muito, será mesmo que é por implicância? Muitas vezes eles são objetos de Deus para nos alertar sobre o mal que nossa vontade possa fazer. Mas quando a raiva nos toma por dentro, somos incapazes de ver quando a opnião das outras pessoas podem ser um alerta para as coisas ruins da vida.

26 de fevereiro de 2010

Não sabemos de nada

Não é possível que uma pessoa, falha como todos nós, possa pensar que é quase perfeita, incapaz de errar, que é melhor que os outros. Não é possível também, que existam pessoas, mesmo quando elas é quem são as desrespeitadas, possam permanecer passivas diante de tal comportamento.
A falta de humildade, em alguns casos, chega a ponto de ser desrespeitante, a pessoa vive em um mundo onde ela acredita que pode maltratar aqueles que têm menos conhecimento, apenas por esse fato. Primeiramente, não se falta com respeito a ninguém! Todos, incontestavelmente todos, temos algo a aprender sempre, ninguém possui toda a sabedoria do universo. Sócrates disse: só sei que nada sei. Como pode um dos homens mais sábios de toda a história pode afirmar que não sabe de nada? A humildade no coração das pessoas abre os olhos para a realidade, que diz que qualquer conhecimento que você possa adquirir é muito pouco, quando comparado à saberia de Deus. Ele é o único que tudo sabe e tudo vê. Sempre se deve procurar ter mais sabedoria sim, mas sempre visando chegar ao nível de Jesus Cristo, e consciente que irás aprender coisas novas até seu ultimo suspiro.
Não importa o quanto soubermos sobre algo, nunca se pode achar que por ter tanto conhecimento sobre tal área você será melhor que alguém. Tanto conhecimento não valerá de nada, se não houver humildade no coração e nas atitudes, isso só impede de aumentar os seus horizontes.

25 de fevereiro de 2010

Escolhas

Sempre que estamos em uma situação difícil, nós tentamos resolver da melhor forma possível, sempre tentando manter a paz com aqueles que você quer estar junto. Você faz de tudo para não deixar que os problemas causados interfiram na relação com tais pessoas, sempre quer esquecer os problemas em prol dos relacionamentos.
Mas então, você se encontra de frente com o mesmo problema, várias e várias vezes. Não importa quantas vezes você consiga suportar, mesmo que seja recompensador, o impacto causado pelas dificuldades crescem, como uma erva daninha, que toda vez que se corta o caule, crescem dois no mesmo lugar. Para evitar sua reprodução, é preciso retirar a raiz.
Em um relacionamento não é fácil cortar a raiz de um problema. No começo você acha que pode aguentar continuar cortando o caule sempre que aparecer, pois o resultado - muitas vezes momentâneo - compensa o sofrimento. A grande questão é quando não se pode suportar mais. Cortar o problema pela raiz é essencial quando se quer aliviar os problemas que se acumulam, não importa se continuar com ele resulta em uma felicidade, muitas vezes esse estresse irá voltar, muita vezes mais forte. E você de repente vê que não vale a pena voltar ao problema, e decide acabar de vez com ele.
Não é fácil aguentar o sofrimento de tal escolha, você sente falta do passado, não consegue aceitar que vai viver uma vida sem a coisa que teve que deixar para trás. Mas essas escolhas são importantes para evoluirmos, para descobrir pessoas e lugares novos, não pode se prender a uma única coisa somente porque foi bom no passado. Se não tem volta para os tempos bons, e se o atual não o faz bem, o certo quase sempre é abandonar o causador principal dos problemas.

24 de fevereiro de 2010

Amor, sempre amor

Vejo muitas pessoas que reclamam quando vêem outras falando eu te amo para alguém que conhece a pouco tempo. O que está errado não é o fato de a pessoa amar alguém muito 'cedo', mas sim amar superficialmente, a maioria das pessoas que age de tal forma não amam as outras de verdade, é apenas por uma questão de afinidade, somente para tratar bem a outra, ou pior, para ganhar algo em troca. Não há problema se nós falarmos que amamos uma pessoa que nem conhecemos direito, contanto que este sentimento seja verdadeiro, que seja um sentimento que venha naturalmente de dentro, extraído do amor maior, o amor de Deus. Alguns dias eu li uma história que descreve perfeitamente o amor de Deus por todos nós, e postei aqui no blog (leia aqui). Mostra como ele foi capaz de sacrificar seu bem mais precioso - seu filho - para nos mostrar uma vida mais digna. É o maior exemplo de como se pode amar todas as pessoas.
Você pode ter todos os bens que puder, pode se sentir feliz por tudo o que você tem, mas se faltar apenas esse sentimento de amor, você pode até não sentir falta, mas tenho certeza que seria uma felicidade mais completa, ela teria um sentido para estar acontecendo. Deus nos diz para amarmos os próximos como a nós mesmos. Todos nós gostamos de ser amados, é um sentimento que conforta e que enche de alegria, mas como podemos querer se tratados de tal forma se não fizermos nossa parte? Não importa se as outras pessoas não agirem da mesma forma, mas se você amá-las incondicionalmente, já estará fazendo sua parte, serás recompensado por tal sentimento.
Amar não é algo que precisa de nenhum tipo de afinidade, condição ou necessidade. Basta apenas ter uma libertação de qualquer forma de mal no seu coração, não precisamos dizer que amamos todas as pessoas, ter amor naturalmente dentro de si é uma forma de quebrar as barreiras do ódio e do rancor, nos deixa abertos para termos boas relações com qualquer pessoa.

''Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine
'' (1 Coríntios 13:1).

19 de fevereiro de 2010

Pra que ser alguém ...

... quando se pode ser você mesmo? Disse uma vez o teólogo Dr. Seuss: ''Seja quem você é, pois quem se importa não interessa, e quem interessa não importa''. Quando nós deixamos de agir com nossos próprios interesses, nós deixamos de fazer as coisas com um propósito certo.
Você já deve ter pensado: ''nossa, como eu queria ser que nem ele'', mas por que ser alguém que não somos? Alguém que não fomos criados para ser? Não importa o quão parecido com uma pessoa você for, sempre haverá diferença notáveis entre as pessoas. As pessoas são diferentes por motivos simples e diretos. Elas precisam interagir de formas diferentes uns com os outros para que possam aprender cada vez mais, para que conheçam pessoas diferentes, que saibam interagir de formas diferentes. Mais importante que a aprendizagem, são os objetivos da vida de uma pessoa. Cada um tem um plano de vida diferente programado por Deus, ele quer que cada um de nós tenhamos vidas diferentes, que cada um possa traçar seu caminho que ele criou. Se uma pessoa pudesse ser igual a outra, não haveria o porque de tantas pessoas na terra, já que os caminhos da vida poderiam ser iguais do mesmo jeito. Deus te criou de um jeito certo para a sua jornada, seu estilo de vida é específico para a vida que você deve levar, então sempre que procurar orientação, seja a Deus ou às pessoas, procure nunca queixar-se de que uma pessoa é melhor que você, ou que ela tem uma vida melhor. Cada um tem a vida que merece, cada um tem um objetivo, e o Pai te dará melhoras à medida que traçar seu rumo da maneira particular da sua vida.

17 de fevereiro de 2010

Pedir perdão ou perdoar?

Há muitas palavras que nós usamos muito constantemente em nosso dia-a-dia. Muitas delas são muito bem aproveitadas, usadas de forma que nós podemos tirar muito proveitos delas. Algumas porém, não são muito utilizadas ou são de forma incorreta, sem o sentimento verdadeiro necessário.
Dentre elas está a palavra Perdão. O que significa pedir perdão para você? Pedir desculpas para uma pessoa não serve apenas para que a pessoa a quem foi cometido o erro esquecê-l0, significa dizer que você se arrependeu de tal ato, que reconheceu que estava errado e que quer que essa pessoa te de uma segunda chance para se redimir. Não se pode pedir perdão sem o sentimento verdadeiro, se assim não for feito, no futuro erros continuarão a ser cometidos, e mais perdão será requisitado.
Agora eu lhe faço outra pergunta. O que significa perdoar para você? Você é capaz de não guardar mágoa de uma pessoa, independente do que ela tenha feito? Ou pior, você é capaz de perdoar sem ligar para o número de vezes que aconteça?
Muitas vezes nós falamos: ah, cansei, dessa vez não perdoarei. Se é para ser assim, de que adiantou ter desculpado a pessoa antes? Se você não pode perdoar sempre, as poucas vezes que o fizer serão consideradas falsas.
Realmente existem situações e circunstâncias em que fica muito difícil esquecer as mágoas criadas. Mas eu não estou falando que você deve ser amigo de uma pessoa que te traiu várias vezes, ou que deve estar sempre ali para que seja machucado ou insultado. Estou falando de esquecer o passado ruim, deixar as mágoas de lado, não precisa agir da mesma forma de antes com a pessoa. Você tem que abrir seu coração para aceitar uma possível mudança, estar disposto a aceitar tentativas de reconciliação. Mesmo que a pessoa nunca te peça desculpas pelo ocorrido, você estará livre de um peso, sua parte estará feita, sua consciência estará limpa.
Esteja sempre disposto a pedir desculpas, reconheça sempre seu erro. Mas principalmente, saiba perdoar. Antes de querer ser perdoado, esqueça as más lembranças, perdoe aqueles que o mal trataram. Nós sempre precisamos estar abertos para novas relações, não importa com quem seja.

16 de fevereiro de 2010

Mova-se

Nós sempre precisamos de algo que nos mostre como a vida é ampla, como as coisas mais simples podem ser mais importantes dos que imaginamos. Tenho certeza que muitos de vocês já viram este vídeo, e se não viram, aqui está a oportunidade. Vale muito a pena gastar 7:28 minutos nesse vídeo, aproveitem.



O que lhe impede de fazer os seus bons desejos agora? Vai deixar para depois, quando tiver mais tempo e disposição? E se esse depois não chegar? O tempo que você quer já passou, o tempo não pára. A disposição vem com a vontade, e essa pode chegar tanto depois como agora, é só querer.

Tristeza Necessária

Em alguns momentos, nós nos vemos em uma bifurcação. O primeiro caminho leva a tranquilidade, o problema que você está passando se vai e você se encontra na paz, mas em uma paz temporária. O segundo caminho é mais estreito, leva ao sofrimento, a luta para passar pelo caminho é mais intensa. Mas assim como a paz do primeiro caminho, tal tristeza também é temporária.
Quando você encontra uma situação onde precisa escolher entre mais de um caminho, o mais certo a fazer é tentar prever o futuro, tentar, pois ninguém é capaz de saber nada com exatidão. Qual dos caminhos leva a uma paz mais duradoura? Você prefere ficar tranquilo por certo tempo, para depois ver que o caminho vai se fechando? Ou prefere escolher o caminho estreito, e ver que mais tarde ele vai se alargando em uma estrada de alegria e tranquilidade?
As escolhas da vida devem ser tomadas com sabedoria, não se pode pensar apenas no presente, pois o futuro é mais constante que o presente, desde que você começou a ler este texto, o futuro já aconteceu inúmeras vezes.
Pensar no que vem pela frente nos ajuda a escolher melhor nossos caminhos, mas não é garantido que nossas escolhas serão sempre as corretas se fizermos de tal jeito. Como dito antes, não temos o dom de prever o futuro, não podemos controlar os fatos. Querer saber com exatidão o que vai acontecer significa querer ser Deus. Ele é o único que pode nos dizer o que realmente irá acontecer no futuro, então antes de tomar qualquer decisão, pense no futuro, crie suas teorias, e peça para que Ele nos ajude a tomar a que for realmente mais certa, independente de que seja a de mais sofrimento, pois com certeza no futuro ela será compensada.

15 de fevereiro de 2010

O julgamento

Carinho de uma pessoa amada, areia nos pés, vento no rosto, melodia prazerosa, conforto de um amigo, banho de chuva, pôr do sol, vista das montanhas, descobrir um mundo novo, conversar com o Pai, noite de lua cheia, fazer novas descobertas, aprender com os erros, reconciliar amizades, passar o tempo com pessoas queridas, ser você mesmo.
Existem tantas sensações que nos dão prazer, tantos momentos que gostamos de presenciar. As vezes nós os deixamos de fazer porque não temos tempo, ou pior, porque temos vergonha. Mas porque se envergonhar de algo que lhe dá prazer?
Pode ser porque não queremos que as pessoas se afastem de nós por causa das coisas que fazemos. Antes de sentir vergonha das pessoas, observe primeiro tais atos. É uma prática digna? É um estilo de vida certo para se levar? Antes de querer tirar os ciscos dos olhos das pessoas, observe seus próprios olhos para retirar as farpas. Não queira que as pessoas o aceitem se a vida que você leve não é algo aceitável. Pense primeiro se os prazeres que você gosta de sentir são coerentes com a vida que você quer levar.
Não é fácil balancear a vida que você quer levar com a aceitação das pessoas, mas se tal vida for aceitável ao principal julgador, nosso Deus, então não ligue para o preconceito das pessoas, você terá um prazer maior satisfazendo a quem realmente interessa.

13 de fevereiro de 2010

Álbum de lembranças

Não gosto muito de ver fotos antigas. Principalmente daqueles momentos de que tenho lembranças felizes. Em tempos como este, a saudade desses momentos é incontrolável. Você percebe que poderia ter aproveitado melhor tal momento, mas só foi se dar conta agora que passou, e quando você mais precisa dele.
Você pode não gostar de vê-las, mas essas lembranças são importantes para todo momento da vida. Até mesmo quando você está triste, e sente aquele remorso de ter aproveitado pouco esses tempos, mas você precisa tomar essas lembranças como estímulo, falar para si que precisa ter esses momentos felizes de novo.
Mas antes de desejar ter o momento que você era feliz de novo, pedir para Deus que possa viver aquilo de novo, você tem ter consciência de uma coisa. Você não vai ter um momento igual ao que passou, justamente porque ele passou. O que aconteceu não volta, você não pode querer um momento feliz idêntico ao que viveu antes.
As emoções sim, podem ser as mesmas, afinal, felicidade não tem limite! Você pode desejar ter momentos novos mas com as mesmas felicidades.Outra coisa importante é que você não pode querer que as pessoas com quem você compartilhou a felicidade de tal momento sejam as mesmas. Aquele amigo que se foi, aquela pessoa que se afastou de você, um namoro que acabou e que não teve nenhum igual... Não pense que poderá ter sempre as mesmas pessoas. Elas saem e entram na sua vida como um piscar de olhos.
Uma frase que eu gosto muito é 'não fique triste porque acabou, fique feliz porque aconteceu'. Tome suas experiências, tanto de felicidade como de tristeza e frustração como exemplo, para que no futuro você possa usá-las como exemplo para repetir a felicidade e esquecer os erros.

Livre Arbítrio

Um homem foi ao barbeiro para cortar o cabelo como ele sempre fazia. Ele começou a conversar com o barbeiro e conversaram sobre vários assuntos. Conversa vai, conversa vem e começaram a falar sobre Deus... O barbeiro disse:
- Eu não acredito que Deus exista como você diz.
- Por que você diz isto? - O cliente perguntou.
- Bem, é muito simples. Você só precisa sair na rua para ver que Deus não existe. Se Deus existisse, você acha que existiriam tantas pessoas doentes? Existiriam crianças abandonadas? Se Deus existisse, não haveria dor ou sofrimento. Eu não consigo imaginar um Deus que permite todas essas coisas.
O cliente pensou por um momento, mas ele não quis dar uma resposta para prevenir uma discussão. O barbeiro terminou o trabalho e o cliente saiu.
Neste momento, ele viu um homem na rua com barba e cabelos longos. Parecia que já fazia um bom tempo que ele não cortava o cabelo ou fazia a barba e ele parecia sujo e arrepiado.
Então o cliente voltou para a barbearia e disse ao barbeiro:
- Sabe de uma coisa? Barbeiros não existem.
- Como assim eles não existem? - Perguntou o barbeiro.
- Eu estou aqui e eu sou um barbeiro.
- Não! - o cliente exclamou. Eles não existem, porque se eles existissem não existiriam pessoas com barba e cabelos longos como aquele homem que está andando ali na rua.
- Ah, mas barbeiros existem, o que acontece é que as pessoas não me procuram e isso é uma opção delas.
- Exatamente! - afirmou o cliente.
- É justamente isso, Deus existe, o que acontece é que as pessoas não o procuram, pois é uma opção delas e é por isso que há tanta dor e sofrimento no mundo.

Não há muito o que discutir quando o assunto é Deus, ou você acredita ou não, e na minha opinião, não importa o caminho que leve ao Pai, a diferença é que existem caminhos mais longos e dolorosos.

Créditos ao blog Teen Mind